domingo, agosto 30, 2015

Rosinha e delicada


Eu comecei a costurar, lá no século passado, por causa das almofadinhas com nome. Eu bordava o nome em ponto cruz e costurava a mão. Fiz muitas! Dezenas! Depois, com a máquina de costura passei também a costurar outras coisas, mas as almofadinhas  nunca deixaram de ser produzidas.  E já saíram de diversos tipos, formatos, cores e para as mais variadas faixas etárias - de bebês a vovós - e também para meninos/homens.


Então, há alguns dias, a Mila, que recém tinha recebido uma encomenda, me chamou pra dizer que duas amigas estavam com bebês a caminho, e perguntou o que eu poderia fazer. Dei algumas sugestões, mas uma das peças já foi decidida: uma almofadinha com nome para uma menina que nasce agora, no começo de setembro e que vai se chamar Ana Júlia.


 A Mila, que sempre me deixa muito livre para fazer as peças como eu quero, só disse que a almofadinha deveria ser rosinha com branco, delicada e romântica.


Na hora, lembrei desta peça (como se chama? galão, fita, grega?) com roupinhas de bebê cortadas a laser, extremamente delicada, cores clarinhas, uma graça! Inicialmente, pensei em colocar ao redor de toda a almofada, mas como eu queria usar também trancelim e esta fitinha de corações bordados, ficaria pesado. Assim, decidi que seria apenas no lado de baixo - o que destaca ainda mais a beleza dela.


Além das fitas bordadas, usei tecidos listrado, xadrezinho, poá e floral miúdo - que também aparece na parte de trás da peça, junto com o tecido de bolinhas. E mais este floralzinho que está apenas no fundo da etiqueta da Casa al mare. As peças (esta e outras que vou mostrar em outro post) estão a caminho de Brasília. Vão chegar na cidade praticamente junto com o bebê.


 Acabou? Nããããoooo! O Gustavo está a caminho e sua vovó encomendou outras lindezas, entre elas, uma almofadinha com  seu nome! A Casa al mare produtos para bebês (hehe) continua produzindo coisinhas lindas!


domingo, agosto 23, 2015

Pronta pra viajar?


Há poucos dias recebi uma encomenda para fazer uma pequena (bem pequena, hehe) coleção de porta-passaportes. Os tecidos escolhidos pela Kalintia são algumas das mais lindas estampas da minha "coleção". Todos importados, vieram de uma loja dos Estados Unidos já há algum tempo, mas a maioria deles ainda não tinha sido usado. O primeiro tecido escolhido foi este pink com um toque de turquesa e marrom. Estampa belíssima! A primeira que escolhi na loja virtual, quando fiz a compra. Gosto muito deste tipo de desenho.


Para combinar, usei um tecido pink liso e outro com bolinhas brancas. E uma estampa tão linda assim, não poderia deixar de aparecer também no lado de dentro.  Foi, também, o primeiro poerta-passaporte que fiz desta encomenda, e os outros passaram a ter a mesma linguagem no uso  das estampas.


Azul foi outro tecido escolhido, misturando amarelo em outra bela composição. No lado de dentro usei amarelo liso no mesmo tom da estampa e outro azul  com espirais em tom mais claro. Uma foto mais abaixo, neste post, mostra os porta-passaportes  abertos pelo lado de fora, com o melhor aproveitamento da estampa.


Outro pink lindo! Não é? Misturando paisley e flores, esta estampa tem rosa claro sobre rosa pink.Pra combinar, este xadrez nos mesmos tons e  outra estampa com flores estilizadas - tudo com as mesmas cores, fechando a combinação perfeitamente!


Com estampa floral mais sóbria, este case leva tecido marrom e branco nos três tecidos usados. Na parte interna o fundo é de tecido nacional (folhas e galhos  com apenas o contorno desenhado) e os bolsos com tecido de um site chinês, com florzinhas e folhas brancas em fundo marrom.


Acima, todos eles abertos aparecendo a parte interna com os bolsos.


E nesta foto, os quatro abertos pelo lado de fora. Aqui dá pra ver melhopr as belas estampas.


Todos têm fechamento com alcinha e dois botões de pressão, para a peça ficar bem fechada com pouca ou muita coisa ali dentro. Prontos para a viagem!



segunda-feira, agosto 17, 2015

Babyquilt, o protagonista do enxoval


Depois de trabalhar por vários dias no enxoval do Pedro, ontem ele viajou para ser entregue à mamãe e vovó, em Porto Alegre. E o que faltava mostrar aqui pra vocês?  A peça principal! O babyquilt é a primeira  peça com que começo o enxoval - para definir o padrão, as medidas, as cores, a disposição dos tecidos. Com ele pronto ou encaminhado, passo para as outras peças. Neste caso, foi também o último a ser terminado.


Feito com quadradinhos principalmente de azul (com várias estampas) e com a participação de verde e amarelo clarinhos, o babyquilt tem uma borda com o tecido toile  de jouy, que está também na parte de baixo. Para unir os dois lados, costurei uma longa tira usando alguns dos tecidos que estão no babyquilt. Depois com pontos invisíveis, fechei as laterais, dando um pouco de colorido também à parte de baixo.



E lá na parte de baixo também está a etiqueta da Casa al mare, bem artesanal, presa com pontos feitos a mão sobre um tecido xadrezinho. Como eu gosto de fazer - trabalho totalmente artesanal, curtindo cada pedaço cortado e costurado e imaginando a pessoinha fofa que vai usá-lo.




Ah, também fiz o trocador de fraldas. A mesma técnica, os mesmos tecidos, a mesma disposição: em cima os quadradinhos, na parte de baixo o tecido toile de jouy. Para facilitar a limpeza, a capa do  trocador tem botões de pressão num dos lados e ainda uma cobertura de plástico cristal - com uma bordinha de tecido que fecha com laços.


O enxoval terminou, mas ainda falta mostrar o presente que fiz para o gurizinho. Em outro post.


quinta-feira, agosto 06, 2015

Parece docinho


Hoje é dia dos rolinhos, que com estas cores delicadas e com foto suave, parecem docinhos. Mas são protetores para o berço. Não são os tradicionais  protetores de berço, que circudam toda a caminha e presos nas grades. Estes são como almofadinhas, como eu já havia feito para o bebê Antônio usar na sua cama na casa de Petrópolis da bisa Vera.


Claro, tudo combinando com as outras peças. Uma overdose de doçura! Fechados como uma bala, os rolinhos tem uma fita feita com tecido xadrezinho azul e branco amarrando as duas pontas. E o lindo tecido toyle de jouy como um babadinho.



Você já viu as outras peças do enxoval do Pedro? Estão aqui e aqui. Mas  ainda não acabou, não! Domingo tem mais desfile!


domingo, agosto 02, 2015

Para o bercinho do Pedro.


O Pedro está quase chegando, e em poucos dias vou entregar o enxoval encomendado pela sua vovó Carmen. Já mostrei aqui a almofadinha com nome, e hoje é a vez do lençol e das fronhas. 


Seguindo a mesma linha, o lençol de tricoline branca tem uma barra de quadrados em tons claros de azul, verde e amarelo, e uma  faixa, em cima e em baixo dos quadrados, no tecido escolhido pela mamãe do gurizinho. A fronha, da mesma maneira, apenas com quadradinhos menores.


No avesso do lençol optei por colocar o mesmo tecido toile de jouy. Normalmente eu colocaria o mesmo tecido branco do lençol para esconder as emendas dos quadrados, no avesso do lençol. Aqui, achei melhor usar a estampa campestre.  Por isso fiz uma fronha a mais, usando este tecido, para o lençol poder ser usado também deste lado.


A fronha branca tem a aba de trás no tecido toile e na fronha dessa estampa, a aba é em xadrezinho miúdo azul e branco. Ficou delicado e, achei, muito bacana!

Ainda esta semana vão desfilar aqui outras duas peças do enxoval. Está ficando encantador!


domingo, julho 26, 2015

Flores à mesa


O clima anda  difícil por aqui. Chuva todos os dias, umidade sem fim, nada de sol. E, sem sol, não dá pra fazer as fotos de outras peças do enxoval do Pedro, que comecei a mostrar no post anterior. Então, resolvi  encher de cores, pelo menos aqui no blog.  Vamos, assim, às fotos deste jogo americano. Foi presente que fiz para a minha filha  Júlia, que fez aniversário no começo do mês.


O tecido estava guardado há bastante tempo - já faz mais de ano que comprei estes dois principais junto com outros também lindos de um site  americano. Tinha guardado na minha caixa de "projetos a fazer", esperando a oportunidade.


São quatro peças, duas de cada estampa que casam perfeitamente entre si. Dois tem este floral grandão com uma faixa de um tecido nacional, verde escuro com bolinhas rosas, na parte de cima.


E outros dois com listras exatamente nas mesmas cores.


No avesso, todos quatro tem  este xadrezinho da fotos mais à direita, em verde e laranja.


Aqui nestas fotos abaixo, os detalhes das estampas e do ponto decorativo usado.  Um pouco de cor e alegria nestes dias tão deprimentes.

Tem outro jogo americano que fiz também de presente de aniversário pra filha Rita. Colorido e bem alegre. Fica para um post  futuro. Quem sabe este colorido de hoje chama o bom tempo...


domingo, julho 19, 2015

Preparando peças para a chegada do Pedro.



Começo a mostrar hoje o enxoval para o esperado Pedro, que deve chegar em setembro trazendo a maior alegria  à família da mamãe Maisa e da vovó Carmen. A primeira peça é esta almofada com nome do menino.


A combinação de cores  e estampas partiu deste tecido estilo toile de jouy onde a cena campestre, característica desta estampa, é composta por desenhos com crianças. O tecido encantou mamãe e vovó que ainda sugeriram  a inclusão de alguns pontos de amarelo e verde em tons clarinhos para complementar o  azul.

.
Esta estampa é um clássico e tem até museu que você pode visitar em Jouy-en-Josas, na França e aqui no site oficial. Para quem gosta e quer se aprofundar sobre o assunto, o museu também tem uma página no facebook e uma conta no Pinterest . E aqui também informações sobre este desenho romântico que continua encantando através dos séculos. 


Fiz a almofadinha com a parte de trás toda neste tecido e na frente ele emoldura quadradinhos ao redor do nome do gurizinho.O nome do bebê, em tecido liso azul, foi aplicado sobre xadrezinho miúdo azul e branco Todas as peças do enxoval seguem o mesmo modelo  de disposição e uso dos tecidos. Elas vão aparecendo aqui, aos poucos.