domingo, setembro 14, 2014

Delicado, cor de rosa e infantil.


Inspirado na famosa estampa toile de jouy ,o tecido desta bolsinha de mão ou necéssaire para meninas tem também uma cena de campo, mas com elementos infantis, com crianças, bichinhos e flores. Em cor de rosa, é perfeita para uma peça para ser usada por menininhas. Usei esta estampa como tecido principal  para a parte da frente da nécessaire.



Para o outro lado e interior, escolhi  um floralzinho muito delicado em branco com o fundo rosa. Acrescentei mais alguns detalhes, como a fitinha costurada ao lado da etiqueta e uma correntinha de metal cor de rosa com um coraçãozinho de metal. Coisinhas que as garotinhas gostam.




Para acompanhar a bolsinha-necéssaire, eu fiz uma máscara para a guriazinha colocar nos olhos para dormir, usando o mesmo tecido floral e elástico cor de rosa.  Chique, né? Menininhas gostam de imitar as mamães, e esta máscara é do tamanho infantil, perfeita para a brincadeira.





domingo, setembro 07, 2014

Lindos coasters para a primavera.


Já perdi muitas fotos por não fazer backup dos meus arquivos, e continuo perdendo, porque ainda nem todas estão com cópias em discos ou na nuvem. Estas fotos, por exemplo, são de dezembro passado, e estavam "bem guardadas" num computador que não estava funcionando. Agora, que elas voltaram à vida, trouxeram junto outras, de trabalhos meus que nem postei aqui nem na página Casa al mare no facebook. Começo com estas, e as outras vou mostrar mais adiante.


Este conjunto de seis coasters foi feito  para meu filho presentear a sogra, no Natal passado. Usei, nestas peças, dois tecidos que gosto muito. Ambos são importados e combinam perfeitamente entre si, nas flores e nas cores. O fundo é de um azul clarinho e as estampas em dois tons de cor de rosa e salmão, mais verde.







Perfeitos para a primavera, que está logo ali na esquina. Uma época em que começamos a desfrutar mais da vida ao ar  livre, depois de um rigoroso inverno, que teve até temperaturas negativas. Que tal curtir o jardim enquanto toma uma limonada ou água aromarizada com folhas de hortelã? Mas ainda pode usá-los com a caneca de chá ou a xícara de um espresso ou cappuccino.


Para arrematar o presente, coloquei uma fita larga de cetim de um tom verde que já se chamou verde-garrafa, e hoje não sei qual o nome. Junto, um coraçãozinho de contas  também verdes, que fiz naquele desafio em junho do ano passado, de criar vários corações, um por dia,  pra festejar o dia dos namorados. Tem tutorial aqui. Bom, como recuperei as fotos, logo tem mais! Bom final de domingo!



quinta-feira, setembro 04, 2014

Coração na caixa e as flores incríveis!


Quando postei as fotos dos corações azuis, combinando com a casinha e Xangri-Lá, minha amiga virtual Rosana, que escreve sempre poeticamente,  comentou: "coisa mais bonita teu gesto de distribuir corações! Os meus, branquinhos, seguem me encantando".  Então fiquei pensando na quantidade de corações que já esparramei por aí. Além das encomendas de corações - às vezes pequeninha, outras com quase uma centena -, com frequência mando corações de presente junto com as peças  que faço. E também, várias vezes, presenteei pessoalmente minhas amigas com um dos produtos que mais fiz.


Este, delicadamente rosa, foi acompanhando uma encomenda para São Paulo alguns dias atrás.


E pra combinar com o rosinha delicado, achei estas incríveis florzinhas numa das minhas caminhadas. E sabe onde? Naquelas emendas das pedras de calçada. Ou seja, capinzinho pisado por quem passa e muito dificilmente nota esta delicadeza. Parte delas veio comigo, pra enfeitar minha casa.



domingo, agosto 31, 2014

Olá, sou a Lola!




Há uma semana uma nova moradora chegou aqui na minha Casa al mare.  Filhotinha mimosa que dorme muito e, quando acordada, tem uma pilha que parece interminável, a Lola é um bebezinho de pastor alemão, presente de  amigos queridos. Chegou com menos de 50 dias, muito alegre, brincalhona que  está descobrindo o mundo.


A primeira descoberta foi uma pinha de pinus - latiu,  latiu, correu ao redor, e dominou o inimigo! Agora, todas as pinhas que pega, depois de correr bastante, empurrando a novidade, ataca com seus dentinhos e destroi logo em seguida. Depois foi a vassoura, as ferramentas de jardim, os galhos, bolinhas, tudo é novidade e precisa passar pelos seus dentinhos finos.



Depois de muita correria, vai para seu soninho de beleza e crescimento. Como cresce rápido! Há muitos anos eu não tinha cachorrinho filhote aqui em casa, e quase tinha esquecido do trabalho que dá correndo atrás, limpando xixi, e cuidando para que a convivência com a Preta, nossa rottweiler  de cinco anos, seja pacífica.


 Uma das atividades em conjunto é o passeio do fim da tarde, que a Preta está acostumada a fazer. Agora, enquanto a Lola é pequeninha e não tem todas as vacinas ainda, ela vai na sacola de compras, pendurada no meu ombro. A Preta cheira e lambe o filhote centenas de vezes por dia, rança algumas vezes, e assim vamos andando para a perfeita integração.


Uma criaturinha assim fofinha merece ter seus "pertences" . Então, fiz pra ela uma pastinha pra colocar  a caderneta de vacinas e uma bandana, ambos com tecidos com estampa de patinhas. O case para a caderneta tem dois botões de pressão, e fiz uma fita com o ponto da máquina que borda cachorrinhos.

]


Olha a data de nascimento dela, que legal: 07.07.14! Assim como ela, agitando no vídeo  abaixo:






domingo, agosto 24, 2014

Coração azul



Quando fiz o post Azul de março, entre várias fotos coloquei também a de uma casinha, das primeiras erguidas aqui em Xangri-Lá, quando a maneira de construir na praia era fazer charmosos chalés de madeira. Infelizmente, a maioria deles foi derrubada para dar lugar  à novas, maiores e "modernas" Algumas poucas ainda resistem, e uma delas é a que fotografei numa das minhas caminhadas.


Quando fiz a foto, o tom de azul bem vivo das suas paredes e o capricho com a casa e o jardim me chamaram a atenção. Nem imaginava quem passava os verões lá. Pois bem, pouco depois vi uma foto da mesma casinha, postada desta vez pela Anna, sua proprietária - que, por coincidência, era contato meu no facebook. Depois de algum tempo, soube que a casa foi construída em 1956! E ela resiste somente pelo amor que a Anna tem por ela, porque corretores tentando comprar o terreno para demolir a  casinha e fazer um conjunto com microapartamentos não faltam. A quarta geração da família já aproveita os verões na casinha azul.


E o que esta historinha tem a ver com meus corações? Pois a Anna fez uma encomenda para seus netos,e quando fui lá entregar, na sexta feira, levei junto os tradicionais corações da Casa al mare. Cheirosos, com cordãozinho para serem pendurados nos cabides ou nas gavetas,  fiz de presente para combinar com a Casa Azul . Exatamente da cor, para a casinha que  tem coração!


domingo, agosto 17, 2014

Pequenos ursinhos


Dois ursinhos para dois bebês que vão nascer nas próximas semanas foi o trabalho rapidinho que fiz esta semana. Interrompendo um trabalho grande e demorado que estou fazendo, recebi com alegria o pedido de uma vovó para dois netinhos que estão chegando. Peças rápidas para fazer, os ursinhos ganharam "roupa de viagem" combinando.



O xadrezinho azul marinho com branco ganhou um laço de fita amarela, pra combinar com o quarto que está sendo decorado nestas cores. Uma combinação viva e alegre! E o saquinho amarelo onde ele foi embalado, tem uma aplicação repetindo os detalhes do ursinho.


O outro é bege com branco, delicadinho e suave. Ursinho feito com   tecido bege com minibolinhas brancas e laço de fita de cetim branca.  No saquinho feito com xadrez miúdo com as mesmas cores, o lacinho é de fitinha mimosa e tem uma pérola no centro, como arremate.



 Pequenos, os ursinhos tem  cerca de 20cm de altura. Os bebês podem  como naninha ou as mamães podem apenas colocar como decoração da cama ou da parede do quarto infantil. Estou fazendo outros também, reunindo vários deles, todos de mãozinhas dadas. Em breve eles vão aparecer por aqui.


segunda-feira, agosto 11, 2014

Passarinhos coloridos


A quatro anos atrás eu recebi uma encomenda para um pequeno enxoval de uma menininha que nasceria em São Paulo. Mas nada de cor de rosa ou qualquer outro tom pastel. Tudo deveria ser em vermelho e branco! Eu, que acho muito legal fazer peças para criancinhas, adorei a ideia de pôr muita cor no quarto da guriazinha. A criança  recebeu o nome de Heloísa e, como convém a uma história infantil, cresce linda e feliz. E, diferente da maioria das meninas, não tem no cor de rosa a sua cor preferida, mas no verde.


Então, após o pedido para uma bolsinha para a menina, onde ela pudesse carregar seu tablet e outros tesouros importantes para  crianças desta idade, enviei fotos de combinações usando verde. A escolha   foi deste lindo tecido com passarinhos muito coloridos. Importado,  ele recém tinha chegado lá do outro lado do mundo e eu ainda não havia feito nenhuma peça com ele.


Para combinar usei outro tecido importado (este dos Estados Unidos) que tem exatamente as mesmas cores usadas no tecido principal. Com ele fiz a parte de baixo da bolsa, as alças e  a alça de fechamento. Por dentro o tecido é branco com bolinhas verdes. Junto com a etiqueta da Casa al mare eu coloquei um botãozinho verde em forma de passarinho. Tudo bem combinadinho!


Para combinar, fiz uma carteirinha multiuso para mandar de presente.  Fechada com o mesmo botão de pressão cor de laranja que  tem na alça de fechamento.


A encomenda chegou hoje ao seu destino, em São Paulo. Agora é esperar pra ver o que a lindinha achou da nova aquisição feita para ela.