terça-feira, novembro 18, 2008

Flores, máquinas e bananas


Ficar sem máquina de costura é quase uma tortura! Além de instrumento de trabalho, a máquina de costura é fonte de satisfação, quando se costura o que gosta. E tenho procurado fazer apenas o que gosto. É um privilégio, sim. Inventar peças, procurar a melhor combinação de tecidos, de cores, de estampas, e ver, no final, tecidos, linhas, botões, fitas, rendas se transformarem em peças, objetos para serem usados. Com a imprescindível participação da máquina de costura!

Pois ela tinha resolvido parar. E ficou no "hospital" por três dias. Agora ela voltou, e a pilha de tecidinhos me espera!

♥♥♥♥♥
Ah, as florzinhas da foto ali de cima são do terreno vazio, aqui do lado de casa. Nesta época elas aparecem por todos os lugares. São simples, não duram muito tempo, mas são de um amarelo dourado fantástico! E ainda são perfumadas!

♥♥♥♥♥

Antes de precisar do conserto, a máquina de costura trabalhou muuito. Já mostrei aqui as peças separadas, mas agora também podem ser compradas como um conjunto, com preço especial. Confere lá na loja!





5 comentários:

Cidinha disse...

Oi, Beti....como é gostoso passar por aqui...flores, elas sempre ,por mais simples que sejam, dão um toque de alegria em qualquer cantinho.

Um abraço
Cidinha

Beti Copetti disse...

Oi Cidinha! Obrigada pela visita! ;-)

Roberta Granada disse...

Oi, adorei teu blog, se tiveres interesse em trocar links, me manda um email ou deixe uma mensagem no meu blog http://agulhaetricot.blogspot.com/,visite-me,atenciosamente

MÁRCIA ELANE disse...

Belos trabalhos!!

Parabéns e muito sucesso!

márcia

Beti Copetti disse...

Obrigada, Márcia!

Vou lá te visitar também! ;-)