terça-feira, julho 11, 2017

La città di Stella


Minha neta Stella está quase fazendo um ano e já sabe brincar - embora a primeira intenção seja levar tudo à boca - e como uma vovó crafter, resolvi fazer alguns brinquedinhos para ela. Sem grandes pretensões, abri a caixa de retalhos de feltro pra construir algumas casinhas para a criança.


Usei apenas retalhos, pedacinhos que guardei de outros trabalhos feitos anteriormente.  Eu tinha visto algumas casinhas no pinterest, mas eram casinhas perfeitinhas, tradicionais, janelinhas, telhados, portinhas, tudo muito certinho. Casinhas de engenheiro! E não era esta a minha ideia. Tentei fazer alguma coisa parecida e ficou absolutamente medonho. Refiz três vezes o primeiro modelo. E cortando, encolhendo, alterando as formas saiu esta casinha cor de rosa na foto abaixo.


Bom, já estava me sentindo incapaz de fazer uma casinha que ficasse engraçada e colorida, com meu jeito.  Então, tirei o modelo da minha frente e me concentrei nas formas dos retalhos. Fui escolhendo telhados, portas, janelas e formatos de casas conforme os pedacinhos de feltro que pegava. Um pedaço de onde foi cortado um coração virou telhado, o que sobrou de uma estrela virou porta... e comecei a achar divertido.


Assim, saíram torres com chapéus,  telhados arredondados, portas que se assemelham a bocas, algumas chaminés tortas, janelinhas desencontradas... Até uma trepadeira e uma portinha que abre (na casinha branca com telhado rosa). E, para completar a cidade, apareceram ainda algumas nuvens e um sol. Aliás, o sol foi a primeira peça que fiz, porque era uma sugestão em miniatura de modelo para a decoração de uma festa infantil com tema da peppa. Mas como era prá ser o sol específico do desenho (na minha opinião, tão feio como o resto do tal desenho) fiz o sol e nuvens de acordo com as especificações. E este sol cheio de raios brilhantes (tá, ele não brilha, mas é cheio de raios 😀) ficou me olhando e intimando prá ser usado em outra coisa.


E assim, juntando casinhas, nuvenzinhas e o sol brilhante, nasceu a cidade da Stella. Ainda falta colocar velcro atrás de cada peça, para a menina ir criando a cidade cada vez de um jeito. E também falta fazer uma base com um céu mais claro, já que para as fotos apenas peguei dois pedaços de feltro - por isso têm marcas de dobras 😞. E devo também incluir algumas árvores, plantas, quem sabe carrinhos?



6 comentários:

Vera Guimarães disse...

Muito legal Beti.. queria ter esse talento...a tua netinha é muito linda....

Carla Patrícia de Morais disse...

Coisa mais linda e cheia de amor desse mundo <3

Beti Copetti disse...

Obrigada, Vera! A guriazinha é bonita e rainha da simpatia! Vê gente e já sorri!

Beti Copetti disse...

😃 Ideia boa prá fazer com a tua criançada, né?

Unknown disse...

Que idéia incrivel mãe!

Cinara disse...

Lindooo!!!